Experiência no Case de Palmas é destaque em congresso de Defensores na Bahia


Publicado em 09/10/2017 15:40

DPE- BA/ Divulgação

As experiências de sucesso do projeto “Socioeducar: Unidos para Vencer”, desenvolvido no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) pela Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), foram expostas no VI Congresso Nacional de Defensores Públicos da Infância e Juventude, em Salvador (BA). O evento aconteceu na última semana, em Salvador BA), e contou com a participação da defensora pública Larissa Pultrini, coordenadora do Núcleo Especializado de Defesa da Criança e Adolescente (Nudeca).


Os debates envolveram temas como convivência familiar, sistema socioeducativo, a necessidade de fortalecimento de meio aberto e a questão do trabalho infantil. Na quinta-feira, 5, Larissa Pultrini coordenou a apresentação de teses e práticas exitosas no Congresso. Já na sexta, 6, a Defensora Pública apresentou aos presentes o trabalho desenvolvido no Case. “Apresentei como prática o projeto do Case, com o antes e depois da nossa atuação”, contou Larissa.

O projeto desenvolvido no Case conta com a coordenação da defensora pública Maria do Carmo Cota, é desenvolvido pela equipe do Nudeca e tem o objetivo de integrar atores públicos e privados e também sociedade civil e comunidade acadêmica para promover atividades de socioeducação com os adolescentes, além de atividades na horta e roça comunitária, realização de cursos profissionalizantes, oficinas e também atividades de lazer e entretenimento.


Congresso

O evento recebe defensores públicos de todo o País e traz, como tema principal, “A Defensoria Pública e os desafios na efetivação dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes”. Segundo Larissa, o evento é importante para discutir temas que estão preocupando os defensores públicos na sua atuação diária, sendo uma forma da se atualizar e ter uniformidade nos atendimentos.


O evento é promovido pela Comissão de Promoção e Defesa da Criança e do Adolescente do Condege em conjunto com a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA, a Escola Superior da Defensoria Pública da Bahia e o Unicef.




Autor(a): Cinthia Abreu



 

Photo

Foto : DPE- BA/ Divulgação